domingo, 14 de agosto de 2011

Qual o pior mal na Igreja hoje?

A propósito pergunto-me qual o pior mal na igreja de hoje, pois, muitos perigos ameaçam ela nos tempos atuais. Sabemos, entretanto, que o Seu Dono, o Senhor Jesus a cuida e jamais a deixa. No caso das sete igrejas no Apocalipsis, Ele SEMPRE anda no meio delas, por mais pecados que nelas hajam.
No entanto, existem perigos ameaçantes gravíssimos, muito mais que outros, e que embora não escapem do controle do Senhor, merecem que os Seus "Supervisores" Bispos e Apóstolos não apenas no título, senão na essência da verdade de Deus, se levantem, como Paulo, para atacar esses males, mesmo a risco de suas próprias vidas.
Creio que um dos piores males que ameaçam a igreja de hoje, é a ANSIEDADE POR SER, DE RECONHECIMENTO DE MINISTÉRIOS, que em muitas das vezes nem existem.
Veja. Jesus se esforçando por preparar de uma vez a Sua Noiva, para que esteja o antes possível pronta (unida, santificada, gloriosa) para as Suas Bodas, enquanto os homens que aparecem como as lideranças ministeriais da igreja morrem se digladiando entre si, e por parecer o que nem eles mesmos sabem que não são e que no mínimo, são mas não se aperfeiçoam para recém agora destacar-se no aperfeiçoamento dos outros.
O que tinha no meio da igreja de "pastores"falsos ou medíocres até a aparição da famosa "restauração profética". Logo, proliferaram os profetas falsos e medíocres. Agora se alastra a disseminação de falsos e medíocres apóstolos.
E se a liderança está errada, que será do povo?
Gostaria cooperar com toda a liderança evangélica na consolidação dos ministérios e uma depuração profunda, no ESPÍRITO E A PALAVRA, para um chamamento, um ungimento e uma designação válida e transcendente na igreja e na sociedade. Uma verdadeira visão apostólica "super-ve" o rebanho e sabe como motivar a cada um para não se enredarem no caminho, perdendo o rumo a Cristo.
Conheça-nos: