domingo, 9 de dezembro de 2012

TIPOS DE CRENTES

TIPOS DE CRENTES Eis aqui uma lista de tipos de crente, a idéia NÃO é ridicularizar, mais analisar se temos algumas dessas características, e se a resposta é sim, então é HORA DE MUDAR. 1. CRENTE URSO: no inverno, fica hibernando 2. CRENTE AÇÚCAR: se sair com chuva, derrete. 3. CRENTE CHUCHU: que pega qualquer gosto, "Maria vai com as autras" 4. CRENTE QUIABO: vive escorregando. 5. CRENTE AGENTE SECRETO: ninguém sabe que ele é crente 6. CRENTE BORBOLETA: que anda de igreja em igreja 7. CRENTE ÔBA-ÔBA: "tudó é festa" 8. CRENTE CARRINHO DE MÃO: alguém tem que empurra-lo até a igreja 9. CRENTE GELINHO: cheio dos "não me toques!" 10. CRENTE FLORZINHA DE JESUS: qualquer coisa , sai da igreja 11. CRENTE GABRIELA: "eu nasci assim, eu cresci assim, e vou ser sempre assim,Gabriela..." 12. CRENTE MACHADO: qualquer idéia, ele já corta. 13. CRENTE BULE: de "pô café" (pouca fè) 14. CRENTE ESCOTEIRO: só vai em acampamento 15. CRENTE KODAK: vive de revelação 16. CRENTE "6 ORA": seis ora por mim... 17. CRENTE PÁ: quando o pastor está pregando, ele diz:é pá ele! 18. CRENTE ALELUIA: Pra tudo ele diz, aleluia. 19. CRENTE COM DOM DO CANTO: fica lá no canto da igreja encostado e não quer saber de trabalhar!!! 20. CRENTE CELULAR: Só vive desligado ou fora de área. 21. CRENTE ROCAMBOLE: é cheio de rolo. 22. CRENTE NUVEM : Segue todo vento que passa 23. CRENTE 191: Só vai a Cristo em situação de perigo 24. CRENTE 190: Só busca á Deus em situação de emergências 25. CRENTE PIPOCA: Só pula na igreja e nada mais 26. CRENTE GREMILLINS: Fofinho, bonitinho, dengozinho, más quando passa pela água da provação o faz virar o bicho papão 27. CRENTE IÔ-IÔ: Sobe e desce, sobe e desce... 28. CRENTE XUXU: Pega gosto de onde estiver (perde identidade cristã) 29. CRENTE PIMENTA: Ardido!!!! 30. CRENTE ROJÃO: Encanta os olhos chama a atenção de todos mas logo esta apagado 31. CRENTE MEGA SENA: Aposta que é crente! 32. CRENTE BINGO: É sorte grande aparecer na igreja 33. CRENTE TRANSFORMER: Terno, grava, bíblia, más quando sai da igreja se transforma 34. CRENTE MANDIOCA: Vive fincado na terra não busca as coisas do alto (colossenses.3) 35. CRENTE BÓIA: Sempre boiando (pelo menos não afunda). 36. CRENTE BANANEIRA: Não pega fogo, o senhor não queima de jeito e maneira êtá crente! 37. CRENTE E-MAIL: Meio crente, meio salvo,meio cheio, meio alegre,meio firme, meio(...) 38. CRENTE FRANCO ATIRADOR: Pecou perto dele, ele atira pra matar.. 39. CRENTE JURACIK(PARK): Só vive o velho mandamento. 40. CRENTE WALT DISNEY: Sua fé é só fantasia 41. CRENTE HOME-INVISIVEL: Ninguém o vê na igreja 42. CRENTE FLESH-BACK: Vive de olho no passado das pessoas. 43. CRENTE ELEVADOR: Esta sempre subindo e descendo na vida espiritual 44. CRENTE LEÃO: Não se meta com ele, pois ele é o Rei da igreja 45. CRENTE JACARÉ: Tem uma boquinha 46. CRENTE CESTÃO: Cês tão orando por mim? 47. CRENTE "3S": Salvo,Sentado e Sossegado. 48. CRENTE PRAIA DE MAR: Cheio de onda. 49. CRENTE TOTAL FLEX - Ao mesmo tempo e no mesmo lugar anda tanto na carne quanto no espírito. 50. CRENTE LÂMPADA QUEIMADA - Está no soquete, na energia, mas não acende. 51. CRENTE SURFISTA - Só quer estar na onda. 52. CRENTE MORATÓRIA - Não paga ninguém. 53. CRENTE SEIS E MEIA - Sempre para baixo. 54. CRENTE AUTO REVERSE: Vai, vai, mas logo vem, vem. 55. CRENTE BRASTEMP: Não tem comparação... 56. CRENTE MÂE DO KIKO DO PROGRAMA CHAVES: Não se mistura com "gentalha 57. CRENTE CHAPOLIM: Você pode contar com tudo, menos com sua astúcia. 58. CRENTE DENOREX: Parece mas não é. 59. CRENTE KARATÊ: Só dá valor se o cara ter bens. 60. CRENTE ZAGALO - Os irmãos tão sempre tendo que engoli-lo. 61. CRENTE RAIO Clareia bem, anuncia um trovão, mas passa rapidim. 62. CRENTE CABELEREIRO Trabalha só pra fazer a cabeça dos outros... 63. CRENTE CARRAPATO: Vive colado no pastor. 64. CRENTE PIOLHO: Anda pela cabeça dos outros... 65. CRENTE CHICLÉTE: Mastiga a Palavra, mas não engole... 66. CRENTE GIRAFA: O corpo tá na Igreja,mas a cabeça está lá fora. 67. CRENTE OSMAR FALADO: Dívida velha ele não paga e a nova deixa ficar velha. Meu Deus !!!!!! 68. CRENTE PREGADOR FARAÔNICO: Prega-prega e não deixa o povo ir embora. A melhor parte é o amém. 69. CRENTE GATINHO Só estão contentes e animados na vida e na igreja quando mimados 70. CRENTE PASTEL DE FEIRA: Muita aparência, mas logo o que se nota é só vapor 71. CRENTE COMETA HALLEY: Até que vem na igreja, mas só depois de uma longa volta cósmica pelo universo de Greiscou. 72. CRENTE SELF SERVE: Quer o culto segundo suas preferências 73. CRENTE MENSALÃO: Só vem na igreja uma vez por mês. Mas no salão de beleza, festa, sorteio, é todo dia 74. CRENTE PELICANO Só tem papo. 75. CRENTE ELEFANTE: Não se dobra. 76. CRENTE CEBOLA Chora o culto inteiro, mas não se converte. 77. CRENTE REGIME: Quem senta perto dele não se alimenta da palavra, ele não deixa você prestar atenção. 78. CRENTE GLACÊ: Ele sempre tem que estar por cima. 79. CRENTE BOLSA DE VALORES: Um dia está em alta outro dia em baixa. 80. CRENTE QUIABO: Sempre que a igreja planeja algo, ele escorrega. 81. CRENTE BATERIA DESCARREGADA: Sem nenhuma energia, nem força para funcionar no reino de Deus 82. CRENTE CARROÇA. Só vai a igreja se alguém puxar. 83. CRENTE MOTOCICLETA: Faz muito barulho, é econômico, mas não tem ré. Falta humildade. 84. CRENTE PATO: Mergulha, mergulha e está sempre seco. Não se deixa transformar. 85. CRENTE PETER PAN: Não quer crescer. Tá sempre no be-a-ba e ainda critica quem cresce. 86. CRENTE PlIM-PLIM: Ora rapidinho (no intervalo) para não perder a novela... 87. CRENTE PORCO-ESPINHO: Vive alfinetando os irmãos. 88. CRENTE TESTUMUNHA DE ENJUÁ. É começar falar e lá vem tristemunho. 89. CRENTE RAIMUNDO: Um pé na igreja e outro no mundo. 90. CRENTE TAXI: Até que leva a cruz do próximo, mas com o taxímetro ligado. Ele sempre te cobra a ajuda. 91. CRENTE TIÉTE: Acompanha um pastor aonde ele for, não vai ao culto ou se retiram quando descobre que o pastor está ausente. Se puder o acompanha em qualquer viajem, até durante as suas férias. 92. CRENTE TRANSGÊNCIO. Modificado, mas não transformado. 93. CRENTE 333: Meio besta... (se não entendeu, fale com seu Pastor) 94. CRENTE SOLUÇO: Sempre vem quando não se espera. Atrapalha. Quando se acha que sossegou vem de novo com suas interferências. Quando se acredita que vai, ele volta, desaparece como começou sem avisar. Extraido : Pastor Julio Fonseca Pastora Mérces

domingo, 2 de dezembro de 2012

Pessoas difíceis ou comunicação inadequada

Pessoas difíceis ou comunicação inadequada?
Duas coisas indicam fraqueza: calar-se quando é preciso falar, e falar quando é preciso calar-se. Provérbio Persa Comunicar é uma atividade natural do ser humano e uma necessidade. Nos comunicamos diariamente, não apenas através da forma oral, mas da forma não-verbal, que são os sinais que o nosso corpo emite, sem que percebamos e comunica até o que não queremos. A comunicação, portanto, pode facilitar ou dificultar o andamento de nossas conversas, seja pessoal ou profissional. Assim, comunicar de forma assertiva é uma arte. Quantas vezes nos encontramos em situações que geram estresse ou mal entendido causados por problemas de comunicação? Parece que um fala grego e o outro troiano. Por que isso acontece? De acordo com o especialista em comunicação verbal com foco em gestão de pessoas, Reinaldo Passadori, são sete os principais pecados na comunicação: Apatia. O contrário é a empatia que nada mais é do que a capacidade de se colocar no lugar do outro, compreendendo o nível sociocultural e o temperamento. Ser empático é ser generoso. Com voz serena, mas firme, pode-se articular palavras com calma, confiança, polidez o que torna a comunicação mais atraente. Insegurança. Profissionais inseguros geralmente se comportam de maneira agressiva, o que pode causar medo e intimidação. Quem conhece verdadeiramente, detém o controle de seus atos, gestos e palavras. Uma pessoa assertiva defende suas ideias e direitos e, ao mesmo tempo procura aceitar do outro o que deve ser feito. Impaciência. Quando se é impaciente é difícil ensinar e aprender já que não há espaço para a observação e o intercâmbio de informações. Uma postura sábia requer dar o tempo de maturação necessária aos acontecimentos e também tomar decisões firmes de forma serena, sem atropelos. Incoerência. É a diferença entre falar, defender uma ideia, valores ou posição e não seguir os discursos e as ideias apregoadas. Esse comportamento desperta desconfiança e descrédito, pois as pessoas acreditam que a qualquer momento o incoerente poderá mudar de lado, sem se importar com os desdobramentos das suas atitudes. Prolixidade. Ser excessivamente longo, cansativo, entediante numa conversa ou texto é um dos maiores pecados da comunicação. Geralmente o prolixo não reconhece que sua expressão é confusa, cheia de palavras repetidas ou sem um significado importante e que os ouvintes não prestam atenção justamente pela falta de objetividade. Ignorância. Falta de conhecimento, sabedoria e instrução sobre determinados temas, ou mesmo acreditar em algo falso, não tendo discernimento. Saber que existe mais conhecimento e profundidade em um assunto, porém não buscar isso. Fazer pouco caso da importância do saber e agir como se não precisasse do outro. Arrogância. Caracteriza a falta de humildade, alguém que não deseja ouvir, aprender algo que não saiba ou estar no mesmo nível do seu próximo. Contraposta, a humildade é uma das qualidades mais difíceis de exercer. Porém, humildade não significa ser fraco perante a posição que ocupa. Pode-se nascer com essa característica ou trabalhar para adquiri-la. A humildade é saber ouvir, sem passar por cima do outro, é ser reverente e ter conhecimento exato do que não se é. Portanto, para obtermos mais assertividade em nossa comunicação precisamos aprender a escutar e entender o que as outras pessoas dizem e estar atento aos gestos, aos movimentos e às expressões que muitas vezes revelam mais sobre alguém do que as próprias palavras. Essa é a receita básica para quem pretende ter um bom desempenho e domínio na arte de comunicar melhor. por Isi Golfetto, Blog Bate-papo com Estilo.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

MINISTÉRIO SAÚDE INTEGRAL Pastora Mérces: Proclamação da República - 15-novembro (feriado)

MINISTÉRIO SAÚDE INTEGRAL Pastora Mérces: Proclamação da República - 15-novembro (feriado): INTRODUÇÃO A regime monárquico existiu no Brasil entre os anos de 1822 a 1889. Neste período o país teve dois imperadores: D. Pedro I e ...

domingo, 11 de novembro de 2012

Promessas Bíblicas

domingo, 4 de novembro de 2012

É no fato de sermos família que nos tornamos imagem de Deus?



A FAMÍLIA

E aí...Esperando o Messias? Perguntou o Samaritano. Claro! Respondeu o Sacerdote

Então vem aí o Messias para por Israel sobre tudo e sobre todos? Provocou o Samaritano.


A maioria pensa assim, meu amigo, mas estou chegando a outra conclusão. Disse o Sacerdote

Opa! Você saiu da caixa, mesmo! Instigou o Samaritano.

Exato! Eu estou retomando a questão da Imagem de Deus.


Disse o Sacerdote.

Ah sei! A Thorah*1 ensina que fomos feito à Imagem e Semelhança de Deus. Inclusive, parece que isso tem a ver com o fato de que: como Deus, somos seres racionais e cônscios de nós e do outro, assim como moralmente responsáveis, por causa da permissão que temos para decidir sem restrição. Por isso Deus nos julga e julgará. Emendou o Samaritano.

Eu também pensava assim, mas estou mudando de ideia. Disse o Sacerdote.

Como? Você acha que tem mais do que isso? Questionou o Samaritano.


Veja! Essas qualidades, que você alistou, os anjos também têm. Também são racionais, basta acompanhar os diálogos angélicos encontrados no texto sagrado, também têm consciência de si e do outro e há anjos do mal, o que implica em que houve algum tipo de julgamento, porque perderam o seu estado natural. E, se houve julgamento, são, também, seres moralmente responsáveis! Acrescentou o Sacerdote.


Então, a gente tem de ter algo que eles não têm. Afirmou o Samaritano.

Exato! Você sabe dos dois conceitos que há, na língua hebraica, que, embora traduzidos por um, único, ou unidade, em outras línguas, no hebraico têm diferença entre si? Perguntou o Sacerdote.

Sim, conheço, as palavras “echad” e “yachid”. A gente usa “yachid” quando quer falar de peça única, como em uma pedra, e usa “echad” quando quer falar de unidade necessariamente acompanhada de outras, como em um cacho de uvas, por exemplo. Completou o Samaritano.


Pois, você já notou que quando Moisés fala que Deus é único, no chamado à adoração no Deuteronômio 6.4, ele usa a palavra “echad”? E que, quando fala, no Genêsis 1.24, que Deus disse que o homem deve deixar pai e mãe e se unir à sua mulher, e que, quando isso acontece, se tornam uma só carne, também usa a palavra “echad” para designar o efeito da comunhão entre homem e mulher? Perguntou o Sacerdote, denotando emoção.

Rapaz! Isso é de impressionar! Você está a dizer que é na constituição da família que nos tornamos imagem de Deus? Diz o Samaritano.


Não ao nos constituirmos família, mas, no fato de sermos família. A gente não pode esquecer que Moisés nos ensinou que somos uma família, nós, todos os seres humanos, de todas as nações, viemos de um único casal: somos uma só família. Estou dizendo que somos imagem e semelhança de Deus, porque somos uma só família. E, cada um de nós, o é, porque nasceu nessa família, dessa família e para viver por essa e nessa família. Completou o Sacerdote.

Sim, pode até ser, mas isso se perdeu! Veja o nosso caso, somos de nações irreconciliáveis! Aliás, nem na família a gente vê isso! Anotou o Samaritano.


Pois é! Isso que eu penso que o Messias fará: conciliará todas os seres humanos e todas as nações, fazendo ressurgir a família humana, assim a imagem e semelhança de Deus reaparecerá! Exclamou o Sacerdote.

Lindo! E isso é muito mais do que restaurar a Israel! Todos seremos contemplados! Mas, você, ao dizer isso, não está dizendo que Deus, também, é uma família? Inquiriu o Samaritano.

É. Ou, no mínimo, unidade acompanhada, necessariamente, de outra ou outras. Eu percebo que Moisés insistiu em falar de Deus no plural. Assim como insistiu em dizer que nós, humanos, somos uma só criação, porque Deus só manipulou o barro uma vez, e só soprou uma vez, e que Adão, disse ele no Genesis 5.1 e 2, era o nome do casal e não do macho, de modo que, quando Deus passeava no jardim, e chamava por Adão, o casal se apresentava a Ele. Disse o Sacerdote.


Você está a dizer que Deus é uma família? Insistiu o Samaritano.

Bem... Acho que ainda não consigo dizer isso, mas estou profundamente incomodado com essa possibilidade*2. Replicou o sacerdote.

Bom, meu amigo, você já me deu muito para pensar; a gente se vê. E saiu o Samaritano.

*1 A Lei de Moisés - N.A.

*2 Nós, cristãos, cremos que Deus é uma família: Pai, Filho e Espírito Santo (Um Deus em Três Pessoas) - N.A.

autor: Ariovaldo Ramos



Leia mais: http://www.pastora-merces.com/conteudos2/humor%20crist%c3%a3o/

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

FORMANDO BONS RELACIONAMENTOS

PRINCÍPIOS BÍBLICOS PARA A FORMAÇÃO DE BONS RELACIONAMENTOS INTRODUÇÃO: Segundo alguns pensadores, um dos grandes problemas da chamada Pós-modernidade é “A Questão da Deserção”, ou seja a falta de credibilidade do homem nas instituições, o que acaba levado o ser humano a abandoná-las. Portanto, não é por acaso a falta de interesse que as pessoas têm em nossos dias pela política, história, questões sociais, trabalho e pela igreja. Tudo isso é fruto do momento por que passamos. A IGREJA é, sem dúvida, uma das instituições que mais sofrem com o ataque do “espírito dos tempos”!!! As pessoas vêm à igreja em busca de uma experiência com o transcendente (verticalizadoras). Só que essa experiência as leva também à experiências imanentes (horizontalizadoras). Crer em Deus, viver com Deus, estar em comunhão com o Senhor traz uma série de implicações para a vida do crente. Pois além do desenvolvimento de consceitos teológicos, de uma cosmovisão e de uma mentalidade, é mister também desenvolver um modus vivendi de acordo com valores e princípios. As relações extra-eclesiásticas e intra-eclesiásticas, sejam pessoais ou institucionais, precisam ser alicerçadas na Ética Cristã. Dizem que vivemos numa época de crise ética, pois nosso tempo é marcado pela idéia de “transvalorização de todos os valores” (Nietzsche). Segundo alguns, principalmente os valores cristãos estão sendo combatidos, por isso os mesmos parecem fora de moda. Falar de honestidade, de verdade, de fidelidade, de compromisso, etc., nos tempos atuais é um grande anacronismo. Por isso, há crentes que encontram dificuldades em estabelecer princípios para conduzir suas vidas. Alguns não sabem como encontrá-los ou formá-los, outros, apesar de terem tais princípios, não conseguem operacioná-los em seu dia-à-dia, tornando-se muitas vezes pessoas aéticas, contraditórias e inconvenientes. Precisamos assim de princípios firmes e consistentes que possam nortear nossas vidas, nossas decisões, nossas escolhas, nossas opções. Para nós evangélicos em geral, e batistas em particular, tais princípios são oriundos das escrituras. Como o assunto é bastante extenso, não sendo possível falar sobre todo o alcance da ética cristã, escolhemos falar sobre algo que tem nos incomodado muito nos últimos tempos. Refiro-me aos relacionamentos interpessoais na igreja. As questões que queremos discutir com os irmãos são: Como melhorar o nível e a qualidade dos nossos relacionamentos na igreja ? Como Ter relacionamentos menos superficiais ? Como superar a falta de transparência e as relações meramente formais ? Como tornar o outro de problema a bênção em nossa vida ? Como desenvolver relações sinceras, honestas, fieis e verdadeiras? Creio que é fundamental o estabelecimento de princípios que possam nortear nossas vidas. Tais princípios são fundamentados na Palavra de Deus: 1.Amar um ao outro (Rm 12:10 a). “Amai-vos cordialmente uns aos outros, com amor fraternal”. Amor é o princípio da excelência. Vivemos num mundo onde o homem confunde amar com usar. Martin Buber afirmou que Deus criou as coisas para serem usadas e as pessoas para serem amadas, mas o homem tem invertido esta ordem: ama as coisas e usa as pessoas. Relacionamentos onde as pessoas usam as outras pessoas não podem dar certo. Isso, independente do nível de relacionamento que se tem. É preciso Ter em mente que a visão bíblica do amor é de doação, entrega ( Jo 3:16), e não de posse ou usufruto. Na igreja, nunca podemos ver os outros apenas como pessoas que suprem nossas necessidades. O pastor, os diáconos, e outros. Nossa relações não podem ser meramente utilitárias. Estamos mais preocupados em Ter que em Ser (Erich Fromm). Nossa relações às vezes evidenciam isso. Outra coisa: o amor cristão é autruísta e deve independer de respostas, pois senão, como seria possível amar o inimigo, como Jesus nos orienta ? Devemos nos lembrar que nossos irmãos não são inimigos. Precisamos amar o outro ! 2.Aceitar um ao outro (Rm 15:07). “Portanto, recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para a glória de Deus.” Muitas vezes convivemos com pessoas, mas não aceitamos o seu jeito de ser, suas limitações e potencialidades. Na verdade ninguém é perfeito. Todos somos limitados. A aceitação dos outros depende da aceitação das nossas próprias limitações. (macaco sentado no rabo) Se você não se aceita, terá dificuldades em aceitar os outros, e mais, terá grande dificuldade em receber o outro em sua vida. Essa é a idéia do texto. Não resistir, não criar barreiras. Há pessoas que constroem verdadeiros muros entre elas e o seu cônjuge . Moram na mesma casa, dormem na mesma cama, se alimentam à mesma mesa, mas entre um e outro há uma barreira. Como podem ser felizes juntos ? Na igreja também. A Bíblia nos diz em Efésios 2:14, que Jesus já derrubou todas as paredes que nos separavam, Ele destruiu toda inimizade. O problema é que nós reconstruímos constantemente os muros novamente. (mecanismos de defesa). Precisamos aceitar o outro. Precisamos receber o outro. Precisamos tirar as barreiras que impedem um relacionamento de maior qualidade e maior profundidade. 3.Saudar um ao outro (Rm 16:16). “Saudai-vos uns aos outros com ósculo santo.” Esta era a prática na igreja primitiva: a saudação com um beijo. Era a prática comum em muitas culturas da época, como ainda o é em algumas de nossas culturas. O que quero resgatar aqui não é a forma da saudação, mas a saudação em si. Saudar o outro, além de ser educado, tem um grande poder psicológico, pois implica que reconhecemos a existência do outro. Creio que o outro se sente valorizado e notado quando o saudamos. Coisa terrível é a insignificância ! Mas há pessoas que são “craques” em fazer com que os outros se sintam insignificantes ! (Pr Lutero – chamar pelo nome: chamar de meu querido, meu amado, esconde hipocrisia) Há maridos que se levantam e não dão um bom dia, um beijo na esposa e nos filhos. Há esposas que quando chegam em casa não conseguem se dirigir ao cônjuge com uma palavra de carinho. Os filhos pedirem a bênção dos pais já saiu de moda há muito tempo ! Há casais que parecem estar brincando daquela brincadeira que diz que “quem falar primeiro é a mulher do sapo!” ! Há irmãos que não se falam, não se cumprimentam na Igreja. Às vezes até na igreja eles se falam, mas na rua fazem de conta que não conhecem. Precismos saudar o outro ! Precisamos nos comunicar ! “Quem não se comunica se trumbica”! Comunicação com palavras e gestos (todo o corpo comunica). 4.Ter cuidado um pelo outro (I Co 12:25). “Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns pelos outros.” Vivemos numa sociedade extremamente individualista e competitiva. Às vezes permitimos que esse estilo de vida penetre em nossa igreja e então não conseguimos mais desenvolver um compromisso com o bem do outro. Nossa vida passa a ser marcada pela competição e cada um passa a tentar mostar que é superior ao outro. Cada pessoa passa a cuidar da própria vida, dos interesses pessoais, dos seus projetos individuais. Não há mais lugar para o coletivo, não há mais cuidado um do outro. Precisamos resgatar o senso de coletividade, de grupo, dentro de nossos lares. Segundo Rubem Alves, precisamos jogar mais frescobol e menos tênis ! (derrotar, ganhar e prazer em jogar). Precimamos cuidar do outros ! Demosntrar mais interesse, compartilhar ! Ser contra a competição e a favor da cooperação. 5.Não consumir (destruir) um ao outro (Gal 5:15). “Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais uns aos outros.” Há irmãos que estão se consumindo dia após dia. Alguns brigam, fazem intrigas e dissensões, e se agridem. Outros matam o irmão no cansaço (agressão). Agredimos fisicamente, com palavras e às vezes com a ausência delas ! O relacionamento na igreja é para o crescimento da igreja. E nesse ponto é bom dizer que a igreja deve crescer junto. Um não tem que destruir o outro para crescer, mas deve apoiar o outro para que cresçam juntos. As intrigar precisam ser superadas com diálogo. Conheci um Casal em que um cônjuge entrou em depressão por causa da ausência de palavras do outro. Precisamos viver em harmonia, incentivando o crescimento de ambos. Toda violência física ou psicológica deve ser abandonada. (Racca) 6.Levar as cargas uns dos outros (Gal 6:2). “Levais as cargas uns dos outros, e assimes tareis cumprindo a Lei de Cristo.” Há momentos na vida que precisamos desenvolver “relações de ajuda”. Esse é um tema bem falado hoje em psicologia, mas que a Bíblia já apresenta há dois mil anos. Para ajudar é preciso estar próximo. Lembram da discussão nos Evangelhos de quem é o próximo ? O próximo não é outro, sou eu (Bom Samaritano). As vezes vivemos em grupos, mas estamos sozinhos. Privatização (Amorese). Somos massa, mas não somos povo. Isso me incomoda nos dias atuais. Vamos aprender a dividir nossas cargar, vamos compartilhar mais nossas vidas. Para isso, é preciso Ter confiança ! Ler 2 Co 1:3,4. 7.Perdoar um ao outro (Ef 4:32). “Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.” Acho que uma das coisas mais difíceis da vida é perdoar uma outra pessoa, é não imputar sobre ela a culpa que ela tem, é absolvê-la de uma condenação. Somos justiceiros, apesar de extremamente injustos !!! Mas acredito trambém que duas ou mais pessoas não podem andar juntas sem perdão. Acredito que o perdão é fruto da ação de Deus sobre nossa vida. Para que aconteça devemos deixar Deus agir em nossa vida, nos conscientizando que somos pecadores e que também nós precisamos do seu perdão. Não há relação sadia sem necessidade de perdão, pois não há cconvivência sem mágoas, frustrações e ressentimentos. Somos todos imperfeitos e por isso fazemos o que não devemos. Magoamos, machucamos ... , precisamos nos arrepender. Precisamos também perdoar o outro por suas mazelas. O perdão é libertador, não só do perdoado, mas também do que perdoa. Por issso precisamos perdoar mais. (exemplo). 8.Não mentir um ao outro (Col 3:9), ou, falar a verdade um ao outro (Ef 4:25). “Não mintais uns aos outros...”, ou, “Pelo que deixai a mentira e falai a verdade cada um com o seu próximo.” Num relacionamento sério é preciso deixar a mentira e abandonar as meias-verdades. Há relacionamentos que começam a partir de mentiras . Como poderão dar certo ? (caso de um aconselhando) . A verdade precisa ser dita sempre, mesmo que muitas vezes com bastante cuidado para não magoar. Nunca deve ser usada para agredir o outro, mas sempre para ajudá-lo. Por isso a verdade deve ser dita em amor. Não como se estivesse atirando pedras nos outros. Uma outra questão é que há pessoas que perdaram a confiança no outro por causa das mentirinhas. A verdade deve ser dita sempre, mas não para machucar. 9.Encorajar um ao outro (I Tess. 5:11). “Pelo que exortai-vos uns aos outros...” Dizem que uma das características dos homens e mulheres de nosso tempo é a ausência de coragem, ou a covardia. Por isso, homens e mulheres precisam ser encorajados ao, bem, à justiça, etc... Muitas vezes permitimos que palavras duras, de crítica e de desestímulo tomem lugar nos nossos relacionamentos. Há até aqueles que pensam que uma exortação é sempre dura e marcada por repreensões. Nada disso ! A idéia aquí é de estimular, incentivar ao crescimento, encorajar o outro à vitória. As nossas palavras na igreja precisam ser mais positivas. Quantas vezes uma crítica desestrutura e desanima o outro, impedindo-o que continue lutando por alguma coisa. Não devemos induzir o outro ao erro, mas ao acerto. (novamente o frescobol). Precisamos encorajar mais. Precisamos crescer juntos! 10.Orar um pelo outro (Tg 5:16 b). “... Orai uns pelos outros...” Esta é uma característica imprescindível nos relacionamentos cristãos. Inclusive por que, acredita-se, os cristãos oram constantemente. Se oramos, em especial devemos fazê-lo por nossos queridos irmãos (até pelos não tão queridos). Precisamos aprender a agradecer a Deus pela igreja que nos tem dado. Vivemos o tempo de crise institucional. Fazemos críticas. Não vemos o que de bom há em nosso meio. Agradecer por tudo, por pessoas, situações, vitórias, e até pelas dificuldades, pois através delas temos tido o caráter moldado. Às vezes somos muito murmuradores e não sabemos valorizar o que temos. “A grama da casa do vizinho é mais verde do que a da nossa casa...”. Precisamos aprender a interceder pela igreja que Deus nos tem dado. Colocando vidas, problemas, dificuldades, planos, projetos. Tudo deve ser apresentado diante de Deus. Devemos consagrar constantemente nossa vida à Deus. Precisamos Ter mais fé, sabendo que muito pode a oração de um justo. Necessitamos acreditar que Deus é misericordioso e cheio de graça, e que Ele supre as nossas necessidades. Aquele relacionamento que você acha que não tem jeito, tem jeto sim. Deus pode dar um jeito nele se você quiser. CONCLUSÃO: Os princípios bíblicos devem ser seguidos para que haja estabilidade na Igreja. A Palavra de Deus é norteadora. Praticando os princípios melhoraremos a qualidade dos relacionamentos, nas mínimas coisas. Isso gerará prazer e alegria na convivência eclesiástica, tornando estáveis os relacionamentos. Isso faz-me lembrar de Jesus, ao final do Sermão da Montanha, quando falou sobre os dois tipos de ouvintes (Mt 7): os que são como os que constroem a casa sobre a areia. Ouvem, mas não praticam; 2)Os que são como os que constroem a casa sobre a rocha. Ouvem e praticam. Que as nossas igrejas, os nossos relacionamentos eclesiásticos sejam construidos sobre a rocha, para que diante das tempestades da vida, das instabilidades cotidianas, possam estar firmes, de pé, para a glória de nosso Deus !!! por Pastor Diogo Magalhães

domingo, 9 de setembro de 2012

Mandamentos para pastores

10 MANDAMENTOS PARA PASTORES 1 – Não amarás mais sua igreja do que sua família Família e igreja são instituições criadas por Deus, é verdade. Infelizmente encontramos pastores que canalizam mais o seu amor e atenção à igreja, esquecendo que a família deve ser, depois de Deus, a instituição que deve ser priorizada na vida, seja de pastor ou não. 2 – Nunca permita que sua esposa faça na igreja algo apenas porque é a esposa do pastor Lembro-me que certa vez fui sondado para ser pastor de uma igreja e a comissão de sucessão perguntou a Bete se ela tocava piano, porque queriam um pastor que fosse casado com uma pianista. Esposa de pastor deve ser envolver nos trabalhos da igreja, antes de tudo, como crente que recebeu de Deus dons e talentos como todos os crentes. 3 – Nunca deixe de tirar férias com sua família Uma vez ouvi um pastor falando a plenos pulmões que se orgulhava em dizer que seu cuidado para com a igreja era tanto que havia anos que não tirava férias com a família. Foi-se o tempo que isso soava bem aos ouvidos do povo de Deus. 4 – Mostre sempre para a igreja que você também é marido e pai A igreja precisa entender de que como marido e pai você não vai ter condições de participar de todos os cultos, reuniões da igreja. Você precisa ter coragem para dizer à sua igreja que num determinado sábado você sairá para jantar com sua esposa. 5 – Jamais passe para a igreja que você tem um casamento e uma família perfeita Por quê? Porque todos nós somos pecadores. A igreja não quer um pastor perfeito. Os casais precisam saber que como todos os mortais, você tem conflitos e desafios pessoais para melhorar sua vida conjugal e familiar a cada dia. 6 – Nunca se esqueça: Existem centenas de igrejas, mas família você só tem uma O maior legado que você deve deixar é no seio de sua família. O que adianta ser lembrado pela igreja ou denominação, mas não encontrar com seus filhos no céu? Seja um pastor aprovado por Deus na igreja e na família. 7 – Nunca pense que você está imune a um envolvimento sexual ilícito Esteja atento. O Diabo vai querer derrubar você na área moral. Muito cuidado com o relacionamento com o sexo oposto. Lembre de tratar as mulheres mais idosas como mães e as mais novas como irmãs. 8 – Quando chegar em casa, seja esposo e pai Se usa terno e gravata, tire assim que chegar em casa. Beije sua esposa, abrace seus filhos. Ajude sua esposa no cuidado da casa e com as crianças. Role no chão com seus filhos se ainda são pequenos. Converse com seu filhos adolescente. 9 – Mostre para seus filhos que há coerência entre o que você prega e o que vive em casa. Seus filhos estão percebendo se aquilo que você fala do púlpito é vivido dentro de casa. Sua esposa também. Não seja um fariseu, pregando algo que não vive no casamento e na família. 10 – Nunca se esqueça de que quem sustenta sua família é Deus e não a igreja a que serve. Trabalhe na igreja como um homem chamado por Deus, não para ganhar dinheiro. Nunca se esqueça de quem o sustenta é Deus. Se um dia a igreja deixar de sustentar sua família, saiba que Deus irá providenciar outras fontes. O seu sustento vem de Deus e não da igreja. Do blog do Pastor Anselmo Melo A foto e postagem: Pastora Mérces

domingo, 2 de setembro de 2012

A MULHER

http://www.facebook.com/MulherDigna

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

A beleza da vida - Presente de Deus!


BÍBLIA ONLINE

quinta-feira, 26 de julho de 2012

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Click Notícias 24hs

terça-feira, 26 de junho de 2012

SKANDALIZO - TEMPO DE MATURIDADE

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Pastores com síndrome de Super-Homem

Pastores com síndrome de Super-Homem

 
Quantos pastores com mania de grandeza você conhece? Parece que existe uma síndrome de Super-Homem entre os líderes “cristãos”.

Sempre pensam que são os melhores pregadores, ou tem a melhor igreja, ou seus projetos são os melhores. Um não conta com o outro e um não anda junto com o outro.

Dificilmente vemos projetos de igrejas unidas em favor da sociedade ou de um grupo de pessoas. Justamente porque o líder sempre quer levar o mérito sozinho. Seus projetos é que devem ir para frente, não o dos outros.

Normalmente esse tipo de líder é o dono da situação.

O problema daquele que pensa ser o dono da situação, aquele que as coisas não podem acontecer se ele não estiver, é que este se coloca no lugar de Deus.

Como se Deus só fosse abençoar se tivesse a mão daquele que pensa ser mais especial do que os outros. Muitos pensam que suas orações são mais especiais do que dos outros. Que Deus tem um chamado “especial” na vida deles.

Acham que sabem tudo, não precisam de ninguém. Querem apenas ensinar.

Quando algo não dá certo, nunca é culpa deles. Sempre tem um outro culpado que não fez o que deveria. O problema desse camarada é que nunca poderá crescer, pois ele já sabe tudo. Normalmente fica surpreso quando vê Deus agindo e usando outras pessoas.

Contudo, o chamado de Jesus para nós é especial. Para todo mundo. Deus não tem filhos prediletos e nem precisa de intermediários para abençoar projetos.

Existem projetos tão grandiosos, com líderes tão “bons”, porém tais projetos não são de Deus, tampouco os líderes são. Assim era a Igreja da Laodicéia, rica, com projetos grandiosos, porém Jesus estava do lado de fora.

Por outro lado, a igreja de Filadelfia, cujos projetos eram tão pequenos e não mereciam a atenção de ninguém, era a igreja que Jesus mais elogiou.

Será que nosso cristianismo de hoje em dia está certo mesmo?

Será que temos nos colocado como tão especiais para Deus, que estamos orando para nós mesmos?

O Senhor não veio chamar justos e sim pecadores ao arrependimento. Não existem líderes “incaíveis”, todos pecam, e muitos se perdem no meio do caminho. Aquele que pensa estar de pé, cuide para que não caia.

Na verdade, a meta do homem de Deus é: Importa que Cristo cresça e eu diminua. Caso o objetivo seja promoção pessoal, vitória financeira, títulos religiosos, influenciar pessoas, política, ou qualquer outra coisa que não seja a Glória e Honra de Deus, este ainda que pense estar de pé, já está caído…
 CJGospel.com 

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Orai sem cessar!

“Será que nos encontramos num padrão tão inferior ao dos cristãos
neotestamentários que não possuímos mais a fé dos nossos antepassados
(com todas as suas realizações e implicações), mas somente a fé emocional
de nossos contemporâneos? A oração é para o crente o que o capital é para
um homem de negócios.” (Leonard Ravenhilll)


terça-feira, 19 de junho de 2012

Alerta Cristão! O que você faria?

quarta-feira, 13 de junho de 2012

PASTORES OU LOBOS?

Que pastores serão estes que conduzem abertamente suas ovelhas ao abismo? Pastores buscam o bem das ovelhas; lobos buscam os bens das ovelhas. Pastores gostam de convívio; lobos gostam de reuniões. Pastores vivem a sombra da cruz; lobos vivem a sombra dos holofotes. Pastores choram por suas ovelhas; lobos fazem suas ovelhas chorarem. Pastores têm autoridade espiritual; lobos são autoritários e dominadores. Pastores têm esposas; lobos têm coadjuvantes. Pastores têm fraquezas; lobos são poderosos. Pastores olham nos olhos; lobos contam as cabeças. Pastores apaziguam as ovelhas; lobos intrigam as ovelhas. Pastores têm senso de humor; lobos levam a sério. Pastores são ensináveis; lobos são donos da verdade. Pastores têm amigos; lobos têm admiradores. Pastores se extasiam com o mistério; lobos aplicam técnicas religiosas. Pastores vivem o que pregam; lobos pregam o que não vivem. Pastores vivem de salários; lobos enriquecem. Pastores ensinam com a vida; lobos pretendem ensinar com discursos. Pastores sabem orar em secreto; lobos só oram em público. Pastores vivem para suas ovelhas; lobos se abastecem de suas ovelhas. Pastores vão para o púlpito; lobos vão para o palco. Pastores são apascentadores; lobos são marqueteiros. Pastores são servos humildes; lobos são chefes orgulhosos. Pastores se interessam pelo crescimento das ovelhas; lobos pelo das ofertas. Pastores apontam para Cristo; lobos apontam para si mesmos. Pastores são usados por Deus; lobos usam as ovelhas em nome de Deus. Pastores falam da vida cotidiana; lobos discutem o sexo dos anjos. Pastores se deixam conhecer; lobos se distanciam e ninguém chega perto. Pastores sujam os pés na estrada; lobos vivem em palácios e templos. Pastores alimentam as ovelhas; lobos se alimentam das ovelhas. Pastores buscam a discrição; lobos se autopromovem. Pastores conhecem, vivem e pregam a graça; lobos vivem sem lei e pregam a lei. Pastores usam as Escrituras como texto; lobos usam as Escrituras como pretexto. Pastores têm compromisso como Reino; lobos têm compromissos pessoais. Pastores vivem uma fé encarnada; lobos vivem uma fé espiritualizada. Pastores ajudam as ovelhas a se tornarem adultas; lobos perpetuam a infantilidade. Pastores confessam os seus pecados; lobos expõem o pecado dos outros. Pastores são simples e comuns; lobos são vaidosos e especiais. Pastores têm dons e talentos; lobos têm cargos e títulos. Pastores são transparentes; lobos têm agendas secretas. Pastores dirigem igreja comunidade; lobos dirigem igreja empresa. Pastores pastoreiam ovelhas; lobos seduzem ovelhas. Pastores trabalham em equipes; lobos são prima-donas. Pastores constroem vínculos de interdependência; lobos aprisionam a co-dependência. À luz do exposto, a pergunta que cada um de vocês deve se fazer é: “Meu pastor é um pastor mesmo ou um lobo?” por Pr. Moisés Romero

domingo, 3 de junho de 2012

ESTRESSE: Conheça este inimigo

Dr. Antônio Carlos Barretos e Dra. Rebeca Santos

Dentre as várias definições, o estresse pode ser considerado uma reação física a determinadas questões da vida capazes de alterar o equilíbrio interno do indivíduo. Está ligado a quatro sistemas do organismo humano, o esqueléticomuscular, o imunológico, o gastrointestinal e o cardiovascular. A reação física pode ser determinada pelo cansaço (físico e psicológico), gripe, gastrite, dores no peito, palpitações, e outras manifestações clínicas.
De acordo com o cardiologista Dr. Antônio Carlos Pereira Barretos, o principal fator que provoca o estresse é a sobrecarga no trabalho (acúmulo de tarefas), e a falta de organização e capacidade de distribuir as tarefas e funções. Os problemas considerados sem solução que as pessoas têm no dia-a-dia, também levam ao estresse. "O ideal é quebrar a rotina fazendo outras atividades ou exercícios físicos nas horas de lazer", aconselha o Dr. Barretos. Além do lazer, o Dr. Barretos fala que uma alimentação balanceada, rica em carboidrato e proteína, e pobre em gordura ajuda a prevenir o estresse. A gordura também pode causar outros malefícios para nosso organismo, principalmente para quem não pratica nenhuma atividade física. Doce deve ser evitado, só ingerido de vez em quando. O fast-food e as frituras devem ser substituídos por pratos leves, como frango acompanhado de salada, por exemplo.
Agitação, insônia, descontentamento com as questões do dia-a-dia, péssimo desempenho no trabalho e dificuldade para resolver simples problemas podem ser sintomas de um estressado. Segundo o Dr. Barretos, o especialista sempre ajuda, pois o psicólogo e o psiquiatra levam as pessoas a encontrar um caminho para a resolução de problemas. Mas vale lembrar que, para evitar uma consulta a um especialista, tentar se organizar identificando e resolvendo os problemas por etapas é outra saída.
Entretanto, é necessário explicar a questão do estresse visto como uma doença. O Dr. Barretos afirma que só é caso de doença se o estresse estiver somado a outros fatores de risco, como cigarro, sedentarismo ou má alimentação, podendo então provocar distúrbios cardiológicos. Além disso, como já foi citado, pode causar manifestações clínicas, como gastrite (devido à falta de apetite), dores no peito, palpitação (provocada pela descarga de adrenalina), e outras.
A estatística do estresse no Brasil é uma questão complicada, por não haver dados precisos. Sabe-se que o perfil que ainda lidera é o homem executivo, mas com o aumento de mulheres no mercado de trabalho, cresceu também o número de mulheres que sofrem do mal.
Todo tratamento, incluindo a duração e exercícios recomendados, varia de acordo com cada caso e com o nível de estresse apresentado pelo indivíduo. Segundo a Dra. Rebeca, há grande discussão sobre os exercícios ideais. Para ela, as atividades aeróbicas - caminhada, corrida, natação e bicicleta são mais eficazes. Mas há também um acompanhamento terapêutico, com técnicas de relaxamento, respiração, yoga, meditação, dança, e outras. "A atividade indicada depende das condições de cada paciente. Existem pessoas que conseguem se desligar mais facilmente dos problemas do que outras", fala a psicóloga.
Além do tratamento terapêutico, há a psicoterapia na qual agem em parceria o médico e o psicólogo, para os casos mais complexos. O uso de medicamentos deve ser sempre indicado por um especialista e também varia de acordo com cada caso, podendo ser tranqüilizantes, anti-depressivos, etc. "O tratamento para o estresse visa equilibrar relaxamento e preocupação. Os sintomas podem voltar dependendo das questões do dia-a-dia do indivíduo. Para isto, há uma reorientação", explica a Dra. Rebeca.
Prevenir o estresse não tem nenhum segredo, basta que se tenha uma boa qualidade de vida social, sabendo conciliar a tensão da rotina de trabalho, as horas de lazer e as atividades físicas.

Dr. Antônio Carlos Pereira Barretos é cardiologista e dirige a Unidade Clínica de Prevenção Cardiológica.
Dra. Rebeca Santos é a psicóloga responsável pela Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiológica do Exercício Condicionado. Ambos são especialistas do Instituto do Coração

quarta-feira, 30 de maio de 2012

RUDE CRUZ - A Mensagem da Cruz
 "Mas Deus demonstra seu amor por nós pelo fato de ter Cristo
morrido em nosso favor, quando ainda éramos 
pecadores." (Rom 5.8)   http://pastoramerces.webnode.com.br
"Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, 
tome sua cruz e siga-me" (Mat.16.24-28) 
http://saude-espirito-alma-corpo.ning.com

terça-feira, 24 de abril de 2012

AMOR PARA SEMPRE

VIVENDO O AMOR

Image

quinta-feira, 12 de abril de 2012

domingo, 11 de março de 2012

DEUS ESCOLHE; E CAPACITA OS TEUS ESCOLHIDOS


DEUS ESCOLHE E CAPACITA OS ESCOLHIDOS!


Conta certa lenda,
que estavam duas crianças
patinando num lago congelado.
Era uma tarde nublada
e fria e as crianças brincavam despreocupadas.
De repente, o gelo se quebrou
e uma delas caiu,
ficando presa na fenda que se formou.
A outra, vendo seu
amiguinho preso
e se congelando, tirou um dos patins
e começou a golpear o gelo com todas
as suas forças, conseguindo por fim
quebrá-lo e libertar o amigo.
Quando os bombeiros chegaram
e viram o que havia acontecido,
perguntaram ao menino:
 - Como você conseguiu fazer isso?
É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo,
sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis!
Nesse instante, um ancião que passava pelo local, comentou:
- Eu sei como ele conseguiu.
Todos perguntaram:
- Pode nos dizer como?
- É simples - respondeu o velho.
- Não havia ninguém ao seu redor,
para lhe dizer que não seria capaz..

"Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados,
 CAPACITA OS ESCOLHIDOS
.

Fazer ou não fazer algo só depende
 de nossa vontade e perseverança

Mt 22:14 - Porque muitos são chamados.
Mas poucos os escolhidos.

Confie...

 As coisas acontecem na hora certa.
 Exatamente quando devem acontecer!
 Momentos felizes, louve a Deus.
 Momentos difíceis, busque a Deus.
 Momentos silenciosos, adore a Deus.
 Momentos dolorosos, confie em Deus.

   Em cada momento, vamos conhecendo ao Senhor,
 Em cada momento, prossigamos na presença do Senhor,
 Em cada momento,  agradeçamos ao Senhor. 
 ELE É FIEL! 

DEUS É SOBERANO, ELE REINA ANTES DA
FUNDAÇÃO DO MUNDO!

sexta-feira, 9 de março de 2012

A MULHER NA BÍBLIA


Dois erros comuns respeito à Mulher na interpretação da Bíblia
1º. “Mulher Virtuosa”: de Provérbios 31: aplicar a descrição específica da mãe do Rei Lemuel a toda mulher ideal no Mundo:
Minha reflexão: Embora muitos ou todos os princípios estimados por uma mulher que, no mínimo gerou um bom fruto, um rei exemplar, sejam aplicáveis hoje e sempre à Mulher Ideal, a descrição é cultural e não divinamente autoritativa. Cada cultura, e cada época têm a sua “mulher ideal”,
A mulher ideal apresentada pela mãe ao rei Lemuel, é ela própria, uma esposa, e mãe; primeiramente esposa que cinge os seus lombos, o que quer dizer que assume o peso e as responsabilidades da casa como homem, não sendo; e segundamente mãe, com filhos e esposo que a louvam.
Essa mulher trabalha pelo lar tanto quanto o homem, porém, na cultura daqueles tempos, somente dentro de casa, e quando sai às ruas, é para trazer mais matéria prima para o seu trabalho caseiro, e findar o dia ouvindo a sabedoria dos homens, incluído o seu esposo, sentados à porta da casa que não envergonha a ninguém.
Finalmente, ela se coloca como exemplo para que o seu filho jovem não se bobeie com qualquer mulher, por bonita que seja se não contiver juntamente a riqueza interior e o exemplo de vida dela, como mãe.
2º.  O marido tem que “amar”; a esposa “respeitar” ao seu marido (Ef.5:33):
Condicionam o respeito, ao amor expressado; se não virem ou não sentirem amor, então, não há respeito...
Minha Reflexão: Ninguém de nós pode servir de “vara ou cinta de medir”, porque somos imperfeitos. Só Deus é perfeito, e a Sua Palavra conforme ela própria se interpreta e o Espírito Santo.
Não pode o homem amar somente se a sua mulher lhe respeita, nem a mulher respeitar somente se ele a ama. Tampouco aqui há uma especialização de funções, que um deva amar e o outro deva apenas respeitar. A analogia é de Cristo e a Igreja. Resultando desta analogia, Cristo ama a Sua igreja, o Seu próprio Corpo, ao ponto de dar a Sua vida por ela e para ela, enquanto Ela se sujeita a Ele voluntariamente como reação a entrega dele, e pela força da Vida dele infundido nela. Acaso o Corpo não tem a vida da Cabeça? Ou, por caso, o Corpo tem uma vida diferente e independente da sua cabeça?   
O amor e a sujeição resultam da Vida que vem desde a Cabeça para o Corpo. Assim, o matrimônio adequado é aquele onde o homem está devidamente sujeito a Cristo, e a mulher devidamente sujeita ao seu marido.
Assim como o homem não pode, não tem autoridade para questionar a Cristo se de fato Ele está adequadamente sujeito a Deus Pai, tampouco a mulher tem essa autoridade de questionar ao seu marido.
Ambos devem estar sujeitos a Cristo, e cada um deixar fluir por Si a autoridade e o amor do Pai de cima para baixo. De baixo para cima, permitir fluir RESPEITO ao Pai, que implica dizer obediência e sujeição ao Pai que é o Amor.
Veja: Aqui o Corpo tem a vida da Cabeça, não uma vida diferente e independente. E o Corpo tem Membros, que são os filhos.
Um matrimônio adequado tem um homem e pais sujeitos a Cristo, uma mulher sujeita ao seu marido, e resultante disto, filhos que imitam o amor no casal e o respeito para com Deus de ambos os pais. Pois, o respeito está no final da escalação de autoridades, implicando que os humanos (homem e mulher devem respeitar e estar sujeitos a Deus), e o amor entrelaça a Humanidade com a Divindade, mostrando com isto que só se ama de verdade com Deus no coração, ou melhor, pelo Ato de doação do Pai e do Filho simultaneamente.
Podemos ser casal adequado, pais adequados e famílias adequadas, devidamente colocados cada um no seu lugar, para que a Vida do Pai flua devidamente. Onde quer que essa vida se corte ou se desvie, o cristão deve apelar por Justiça ao Pai, e não iniciar a sublevação tão comum no mundo ímpio. Lembre-se. Nem o homem, nem a mulher, nem os filhos não são mais “filhos de desobediência e de ira” como antes de sermos salvos, senão de amor, e paz. Mas, não esperemos paz permanente e amor para sempre, violando deliberadamente estes princípios de Deus para nós, em todos os tempos.  

Tito Berry Apóstolo

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

NOSSOS INIMIGOS NÃO PODEM IMPEDIR NOSSA ALEGRIA DE SERVIR AO SENHOR

RIVALIDADE!

O leite fresco azeda ao ficar muito tempo em ambiente quente.
Disposições frescas azedam pela mesma razão. Deixe um agravo ficar abafado sem um período de refrigeração e observe o resultado. Uma atitude ruim, amarga e coalhada.
É a história de Marta. Uma alma fervorosa dada à hospitalidade e à organização. Mais moderada do que frívola, mais prática do que pensativa. Peça-lhe para escolher entre um livro e uma vassoura, e ela escolherá a vassoura.
Marta, porém, irá preferir o livro. Maria é a irmã de Marta. Os mesmos pais, prioridades diferentes. Marta tem coisas para fazer. Maria tem pensamentos para considerar.
Aparentemente, Marta se preocupava muito também. Tanto que começou a querer mandar em tudo. A preocupação fará o mesmo com você. Ela faz com que você esqueça quem está no comando.
O que torna este caso interessante, porém, é que Marta está preocupada com algo bom. Ela recebe Jesus em sua casa para jantar. Está literalmente servindo a Deus. Seu objetivo é agradar a Jesus, mas, quando ela começa a trabalhar para Ele, seu trabalho torna-se mais importante do que o Senhor. O que começou como uma maneira de servir a Jesus tornou-se lenta e subitamente uma maneira de servir a si própria.
Uma olhada em seu cenho coberto de farinha lhe dirá:
“Aquela Maria. Aqui estou eu sozinha na cozinha enquanto ela fica lá fora”. Puxa Ela está zangada. Olhe para ela olhando por sobre os ombros, através da porta. E para marta que ela está olhando fixamente. Aquela que está sentada no chão, ouvindo Jesus. “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe, pois, que me ajude,” (Lucas 10:40)
É fácil esquecer quem é o servo e quem deve ser servido. Satanás sabe disso. Esta ferramenta de distorção é uma de suas astúcias. Observe que satanas não tirou Marta da cozinha; ele afastou seu propósito na cozinha. Ele não afastará você do seu ministério; ele irá desiludi-lo no ministério. Guarde as suas atitudes.
O que importa mais do que o tipo de serviço é o coração que está por trás do serviço. Uma má atitude estraga a oferta que deixamos no altar para Deus.
Deus dotou você com talentos. Ele fez o mesmo com o seu próximo. Se você se preocupar com os talentos do próximo irá negligenciar os seus. Mas, se você se preocupar com seus, poderá inspirar ambos.
Lucas 10: 38-42
Quais tipos de atitude poderiam ser associados com o leite azedo?
Descreva algum conhecido que ficou desiludido com o ministério.
Como podemos impedir que satanas roube a nossa alegria de servir a Deus?
De que forma as nossas atitudes são tão evidentes quanto as roupas em nosso corpo?
O que torna difícil mudar uma atitude errada?
Se você estivesse estado no lugar de Marta, como teria se sentido sobre fazer todo o trabalho enquanto Maria conversa com Jesus?
Como você imagina que as palavras de jesus mudaram a atitude de Marta?
Se as atitudes positivas nos fazem ir mais longe na vida, por que cedemos ao negativismo?
Quais atitudes erradas você pode mudar com a ajuda de Deus?
Pense nisso!!!  Max Lucado

Segredos Revelados por Cristo

domingo, 29 de janeiro de 2012

"NÃO FOSTES VÓS QUE ESCOLHESTES A MIM; ANTES, EU
ESCOLHI A VÓS OUTROS , E VOS DESIGNEI PARA QUE
VADES E DEIS FRUTOS, E O VOSSO FRUTO PERMANEÇA;
A FIM DE QUE TUDO QUANDO PEDIRDES AO PAI EM MEU
NOME, ELE VO-LO CONCEDA." (JOÃO 15.16)

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

ansocial - visualizar blog - Pergunto. Respondo. Comento o que Prego e Vivo

ansocial - visualizar blog - Pergunto. Respondo. Comento o que Prego e Vivo

O APOCALÍPSE ESTÁ AS PORTAS,...

O APOCALÍPSE ESTÁ AS PORTAS, O TEMPO PASSA RÁPIDO, AS CHANCES ESTÃO ACABANDO...

Para os se que dizem convertidos ou que são cristãos de verdade e que estão todo dia agradando ao pai das luzes, quero lhes fazer uma pergunta, o que vcs fizeram em prol dos vossos chamados? o que vc fez esse ano para ajuda na vinda do rei dos reis?, quantas almas vc levou diante de DEUS nesses anos?, o que tem vc agendado pra fazer nos proximos anos para o reino de DEUS? por quem vc pagou um preço? pra que essa pessoa fosse alcançada pela gloria da salvação eterna? quantas pessoas vc discipula? pra que ela chegue até o final a salvação eterna? JESUS DISSE FAZEI DISCIPULOS EM TODO MUNDO, IDE E PREGAI O EVANGELHO A TODA A CRIATURA!!!!vc tem feito isso? só foi isso que ele mandou!!!!! , o que vejo hoje é só ovelha atrás de ovelha desgarrada, e quem tem o cajado que pode abrir o mar?, não faz nada!!, só prega pra crente que já é adulto na fé, que na verdade não é vantagem alguma, quem precisa de medico são os doentes e não os sãos!!!! QUEM TENTA SALVAR A SUA VIDA A PERDERÁ, E QUE VANTAGEM TEM O HOMEM SE FALAR DO EVANGELHO SÓ PARA QUEM ELE AMA? O QUE GANHARÁ COM ISSO?, COM CERTEZA NADA, POIS ISSO É MUITO FACIL, JESUS O DESAFIA TODOS OS DIAS A FAZER A VONTADE DELE, FALANDO AS BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO PARA OS INIMIGOS , PARA OS DESCONHECIDOS, PARA OS QUE ESTÃO NAS TREVAS, PQ A PREGAÇÃO ( AGUA COM AÇUCAR) NÃO É DE DEUS, POIS O QUE DEUS DIZ EM SUA PALAVRA É QUE VC TEM QUE SER É SAL E NÃO AÇÚCAR, E QUEM CONSEGUE COMER DUAS COLHERES DE SAL?, SEM FAZER CARETA? AGORA PEDE PRA COMER VARIAS COLHERES DE AÇUCAR? E QUEM AGRADA AO MUNDO NÃO AGRADA A DEUS, JESUS VEIO TRAZER FOI ESPADA, NÃO FOI PAZ NÃO, POIS TUDO O QUE ESTA ACONTECENDO EM TODAS AS AREAS É PRA ACONTECER MESMO, VEJA EM 2 TIMÓTEO 3 : 1 AO 9. E VC NÃO SE ENGANARÁ, ESSE MUNDO ESTA PERDIDO MESMO!!!!, ISSO É UMA REALIDADE AGORA VAMOS FAZER A VONTADE DE DEUS, PQ OS DIAS NÃO SÃO BONS, E PAREM DE QUERER TAMPAR O SOL COM A PENEREIRA, E AJUDEM A PALAVRA A SER CUMPRIDA, PQ SE VCS NÃO FALAREM DEUS VAI FAZER AS PEDRAS FAZEREM A SUA PARTE, O SEU CHAMADO, JESUS VEIO PRA SEPARAR O JOIO DO TRIGO, E FAÇA POR ONDE VC SER O TRIGO E NÃO O JOIO, SE NÃO VC VAI FICAR COM TODA CERTEZA!!!. PQ SEM FÉ E SEM OBRAS É IMPOSSIVEL AGRADAR A DEUS, E SEM AGRADAR A DEUS NÃO EXISTE SALVAÇÃO. NÃO SE ENGANE, NEM SEJA CEGO DIANTE DE DEUS, PQ DEUS PESA O CORAÇÃO, E NINGUEM ENGANA AO PAI!!!!PRA SEGUI A JESUS É SIM SIM OU NÃO NÃO, PASSOU DISSO É DO DIABO. E DEUS NÃO ESTA EM IGREJA NENHUMA, VEJA EM ATOS 17:24, A IGREJA SÓ TEM O SEU VALOR SE VC ESTIVER LÁ DENTRO , PQ DEUS HABITA É EM NÓS, E ELE DISSE QUANDO 2 OU 3 TIVEREM REUNIDOS EU ESTAREI PRESENTE, E ELE DISSE TBM , TU ÉS PEDRO E SOBRE ESSA PEDRA EDIFICAREI A MINHA IGREJA E AS FORÇAS DO INFERNO NÃO PREVALECERAM SOBRE ELA, PQ ELE DISSE ISSO? PQ A PALAVRA PEDRO QUER DIZER PEDRA E NOSSAS BASES TEM QUE SER TÃO DURAS COMO PEDRA , PRA QUE VC NÃO CAIA NOS DIAS RUINS, E O ESPIRITO QUE HABITA EM VC NÃO SE RETIRE DO SEU CORAÇÃO, PQ TUDO É PELA FÉ E SEM FÉ É IMPOSSIVEL AGRADAR A DEUS, E NOSSAS ATITUDES E NOSSA FÉ TEM QUE SEREM DURAS COMO PEDRA DIANTE DA VIDA E ELE DIZ QUE ESTAVA EDIFICANDO A SUA IGREJA SOBRE AQUELA PEDRA , PQ QUANDO VC CONFESSA CRISTO COMO SENHOR E CRER NO SEU CORAÇÃO QUE ELE RESSUSCITOU DENTRE OS MORTOS( ROMANOS 10 : 9 E 10), NESSE EXATO MOMENTO, VC ESTARÁ RECEBENDO O CONSOLADOR, QUE É O VERDADEIRO CABEÇA E GUIA DE TODA A IGREJA DE CRISTO JESUS NESSA TERRA. E QUEM NOS EDIFICA E QUEM NOS CONVENCE DE TODO O PECADO QUE SE CHAMA( ESPIRTO SANTO DE DEUS) E NOS CHAMA EM AMOR ÁGAPE, PARA UMA VIDA DE SANTIDADE E RETIDÃO PARA ESTARMOS PREPARADO PARA TODA BOA OBRA.E PARA ESTARMOS FIRMES NESSA FÉ NESSA LUTA DIA E NOITE ESPERANDO O VOLTA DO NOIVO QUE É JESUS CRISTO, QUE VEM BUSCAR A SUA IGREJA SEM MACULA, E AI DAQUELE QUE ESTIVER SEM AZEITE NA SUA CANDEIA, ELE NÃO TE VERÁ , E VC NÃO OUVIRÁ A SUA VOZ, E O SEU CHAMADO, E DEPOIS VAI SER TARDE DEMAIS,SAIBA QUE VC É A NOIVA, QUE É A IGREJA QUE JESUS VEM BUSCAR, ENTÃO CUIDADO COM OS FRUTOS QUE VC PODE PRODUZIR COM AS SUAS INFIDELIDADES, PQ VC RESOLVEU VIVER A SUA VIDA E FAZER A VONTADE DE SUA CARNE, QUEM SABERÁ A ORA E O DIA DA VINDA DE CRISTO ? VIGIAI!!!! E FAÇA O SEU NOVO PROJETO DE VIDA PARA ESSES ANOS QUE NOS RESTA, NÃO HÁ MAIS TEMPO PRA BRINCADEIRAS, E TANTA VAIDADE DIANTE DO POVO QUE SE DIZ SER DO DEUS VIVO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! SERGIO VIANA... SERVO DO DEUS ALTISSIMO!!!

UMA ORAÇÃO CRENDO JÁ BASTA!!!

 DESDE OUTUBRO QUE OS SATANISTAS ESTÃO FAZENDO OS PREPARATIVOS PRA OS AMBICIOSOS, CEGOS, EGOISTAS, HEREGES, PROFANOS E TUDO QUE TEM DE GENTE SEM FUTURO, FAZER SEUS PACTOS E RENOVAR OUTROS , COMO ARTISTAS, EMPRESARIOS, GENTE DE TUDO QUE É ESPECIE, E CLASSE SOCIAL, A TERRA NESSA EPOCA FICA PESADA E NAS TREVAS, IMPESTADA DE DEMONIOS APROVEITADORES E ENGANADORES, ISSO É TODO ANO, E ALGUNS FAZEM PACTOS E DÃO AS OFERENDAS AS CLARAS, NA PROPRIA TELEVISÃO, E OUTROS QUE NEM IMAGINAMOS FAZEM AS ESCONDIDAS, E A GENTE VER O SUCESSO DELES APARENTE, E PENSA QUE É POR MERÍTOS OU POR SORTE OU POR TALENTO, E OS QUE PODEM COMBATER O SUCESSO DESSAS FORÇAS EM CLAMOR E ORAÇÃO USANDO O NOME DE JESUS E SEU SANGUE, VEJA EM ( JOÃO14:12,13, 14) E ( LUCAS 10:19) E (MATEUS 12: 29), NÃO FAZEM NADA, QUEM SÃO ELES OS PASTORES, OS CRENTES CONVERTIDOS EM GERAL, PASSA ANO, VIRA ANO E A MESMA COISA, A MESMA ROTINA, E DEUS ESPERANDO O SEU POVO ESCOLHIDO, QUE TEM UM CHAMADO, SER USADO POR ELE, PRA VER SE LIBERTA ESSE POVO QUE VIVE NAS TREVAS, E PENSA QUE TODA RELIGIÃO LEVA A DEUS, E QUE O deus DESSE MUNDO CEGA O ENTENDIMENTO DE QUEM ESTA NAS TREVAS, E ATÉ DOS ESCOLHIDOS, TODO DIA EM TODO TEMPO, E OS ESCOLHIDOS NÃO ABREM SUA BOCA, NÃO TIRA UM TEMPINHO PRA CLAMAR AS FORÇAS DE DEUS PRA COMBATER AS TREVAS, SATANAS FICA É RINDO DOS PROBLEMAS QUE ELE CAUSA, PRA QUE OS ESCOLHIDOS NÃO TENHAM TEMPO PARA AS COISAS DE DEUS NA TERRA, NEM SE DEIXA SER USADO PELO SEU SENHOR PRA DESTRUIR, ACABAR AS FORÇAS DO INIMIGO , OS PRINCIPADOS, AS POTESTADES, OS DOMINADORES E AS FORÇAS CELESTIAIS DO MAU, PORQUE O POVO DE DEUS AGI ASSIM ? ACOMODAÇÃO OU MEDO ? OU PORQUE QUEM OS DIRIGE E TEM O CAJADO NÃO OS ENSINA OU TEM MEDO TBM ? JESUS DISSE EU VENCI O MUNDO E TODO O PODER ME FOI DADO E ISSO TUDO ESSA VITORIA NOS FOI CONQUISTADA PRA NÓS COMO HERANÇA, PORQUE MAIOR É O QUE ESTA EM NÓS, DO QUE O QUE ESTA NO MUNDO E NOS TORNAMOS MAIS DO QUE VENCEDORES, AS SUAS ATITUDES REVELAM O QUE O SEU CORAÇÃO ESTA CHEIO, E NÃO SE ESQUEÇA QUE DEUS PESA SEMPRE O CORAÇÃO, DOA A QUEM DOER, SALVAÇÃO É COISA SERIA, DEUS É AMOR , MAIS ACIMA DE TUDO ELE É JUSTIÇA, CUIDADO PARA NO FINAL ELE NÃO DIZER PRA VC, APARTA-TE DE MIM , POIS NEM LHE CONHEÇO!!!!ABRE TUA BOCA CRENTE!!!!!!!!!! SERGIO VIANA ...SERVO DO DEUS ALTISSIMO!!!!!!!!!!!
Postado por Sergio Viana 

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

A nossa Mensagem deve estar na LUZ de Deus

Não contendemos. A LUZ não precisa ser ajudada. Ela É e penetra sem que possamos impedi-la. Reproduzo aqui o meu diálogo com um senhor de nome Enio, que se apresenta como blogueiro amador, mas que ostenta o soberbo nome de DENOMINAÇÕES PASSADAS A LIMPO. Louvamos ao Senhor em poder sermos genuínos expoentes da Palavra de Deus para a maturidade da Igreja e a glória somente do Senhor Deus. Não esperamos comentários a favor nosso. Ainda que agradeçamos, se os houver; a nossa aprovação vem do Senhor, e a Ele toda a gloria!


Verdade. Unidade. Amor.
No capítulo vinte e quatro de Mateus, considerado majoritariamente parte das profecias novo-testamentárias de cumprimento futuro, não obstante, a Palavra de Deus sempre teria uma dupla referencia, tendo-se em conta a sua qualidade de palavra diária e sempre oportuna como alimento espiritual para o cristão, e alerta da Igreja para o Mundo.
No primeiro parágrafo já de imediato, a revelação divina aponta três valores divinos que estariam em risco nos finais dos tempos. Não quero saber se estamos ou não vivendo já esses últimos dias; mas sim preciso saber se, por caso, a igreja hoje padece ou não da carência ou abandono de um ou mais destes três valores.
E ao que tudo indica, as evidencias me demonstram que, de fato, estamos vivendo os últimos tempos, pois, é gritante a falta, ou mais precisamente, o abandono da verdade absoluta de Deus, a unidade do Corpo de Cristo e o amor.
Tomemos apenas o caso da unidade. Conheço o Conselho Pastoral mais antigo da América Latina, e muitos outros. Com raras excepções, a grande maioria deles apenas ampliam o desejo de domínio de alguns, e congratula e satisfaz o ego de muitos. Participo de vários deles, quando posso, mas confesso, mais é o tempo que perco que uma real edificação do edifício igreja que tanto desejo ver e participar nela. Entretanto, louvo a Deus pelo esforço de muitos servos, e os resultados obtidos até aqui.
Naqueles dias, e hoje também, apóstolos verdadeiros trabalham, vivem, e se desvivem pela unidade da igreja, anunciando e ensinando a tempo e fora de tempo a verdade de Deus, da qual a igreja é baluarte e coluna, e o amor, vivenciando-o. 
Posto aqui uma montagem de autor anônimo obtida na Internet, apenas de modo ilustrativo, para entendermos um pouco mais o que significa, aliás, o que não significa amar, viver a verdade e trabalhar pelos interesses de Cristo, consequentemente, ser verdadeiros ou falsos apóstolos de Cristo.        


Ennio disse...

Perseveravam na Doutrina dos Apóstolos

O primeiro sermão produziu três mil convertidos! 3.000! Talvez alguns pensaram: “Agora, o que faremos com todas estas pessoas?” Lucas resumiu as atividades destes primeiros crentes em um versículo: “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações” (Atos 2:42)

O ensinamento na primeira igreja foi chamado a doutrina dos apóstolos. Jesus revelou a sua vontade aos apóstolos e mandou que eles a entregassem ao mundo. Observe que este ensinamento não foi chamado “a doutrina da igreja”. A Igreja Católica Romana ensina que a igreja produz as Escrituras. É com esta base que eles aceitam os escritos dos “Pais da Igreja”, as tradições e até editos modernos como palavras de autoridade. Mas o relato de Lucas demonstra que aconteceu ao contrário. Foi a pregação do evangelho que deu origem à igreja. Então, santos apóstolos e profetas guiaram a igreja até Deus completar a sua revelação (Efésios 3:5). A doutrina da igreja primitiva veio dos apóstolos porque eles a receberam diretamente de Deus.

Perseveravam

Não devemos falhar em observar quem perseverava na doutrina. Todos os crentes, não somente os pregadores, perseveravam na doutrina. Freqüentemente, esperamos os outros se dedicarem à doutrina para nos guiarem. Todos os membros da primeira congregação foram dedicados à palavra. Todos desejavam aprender. Isso não significa que todos fossem mestres ou peritos. Deus não precisa de um monte de professores para cumprir seu plano. De fato, os estudiosos freqüentemente se acham sofisticados demais para aceitar a simplicidade do plano de Deus (1 Coríntios 1:18-31). Não precisamos fazer seminário, mas Deus quer que sejamos capazes de defender as razões da nossa esperança nele (1 Pedro 3:15). Essa defesa será possível somente por meio de um discipulado dedicado.

Ouvintes e Praticantes

Os primeiros cristãos desejavam aprender porque queriam fazer. O cristianismo não é uma busca acadêmica. No livro de Atos, Lucas escreveu sobre vidas transformadas, não sobre formaturas de faculdades. Os tessalônicos suportaram perseguições. Os efésios queimaram livros de artes mágicas. Um casal, Áqüila e Priscila, saíram de Roma, foram para Corinto e depois para Éfeso, e depois voltaram para Roma pelo seu desejo de divulgar o evangelho. Pessoas de fé se mostram dedicadas em ouvir e praticar!
8 de janeiro de 2012 08:12 http://www.blogger.com/img/icon_delete13.gif 


Ennio disse...
voces deveria lavar a cara antes de falar na sã doutrina ou na doutrina dos apostolos.
A trindade e uma invencionisse da igreja catolica Romama,aceita sem questionamento pelas denominações.
Não e por menos que, a biblia os chama de ''mãe da metretrizes'' pois suas filhas sairam dela.. as denominacionais ''beberam o cálice dela ...e de seus ensinos!
Leia mais no meu Site:
http://verdadesqueferem.blogspot.com/
8 de janeiro de 2012 08:06 http://www.blogger.com/img/icon_delete13.gif                                                                                                                                                                          


titoberry@hotmail.com disse...
Senhor Enio: Dê a cara! Nem nos seus blogs aparece endereço seu e perfil completo exposto. Se está tão seguro assim de ser detentor da Absoluta Verdade de Deus, apresente-se fidedignamente, e deixe de ficar enviando mail a mim como me ensinando o que você não conhece, e a minha esposa, a Pastora Mérces. 
Você apenas sabe DENUNCIAR, mais nada. E até que as suas denúncias eu concordo com quase todas, mas você não conhece Deus, como vai discutir sobre Ele?
 
Tampouco entende o que é o Evangelho do Senhor Jesus, como fica se dando de mestre nas coisas dos Céus?
 
Esta resposta não se atém apenas ao presente comentário seu, que, por sinal, embora nada esclarecedor escreveu, pelo menos não discorda do ensino bíblico, e sim me atenho ao desrespeito, a violência verbal,e à ignorância bíblica que você expõe no mail enviado à minha esposa.
 
Por favor, elimine a minha adesão ao seu blog AS DENOMINAÇÕES PASSADAS A LIMPO, que, por falta de tempo inquiri apenas numa matéria e agora acabei examinando, para me horrorizar da sua aberrante ignorância "eclesial" e bíblica, e não achei a maneira de me excluir de tão baixo e soberbo blog que não edifica nada senão que leva ao povo à contenda. A Arvore da Conhecimento do Bem e do Mal inclui o conhecimento que você expõe, sem vida. Por outro lado, a Arvore da Vida é O Deus que em Gênesis aparece como triuno e a Bíblia toda revela que é Cristo Jesus.
 
Finalmente, isso de teimar pelo nome de Deus e Cristo, é puro pietismo. Amigo. Pare de perder o tempo nisso. Viva e desfrute Deus, que não é conhecimento, senão VIDA.
 
Amém.
9 de janeiro de 2012 05:26 http://www.blogger.com/img/icon_delete13.gif

Nova publicação no blog APÓSTOLOS VERDADEIROS:

Cada um dos "Evangelhos" no Novo Testamento, apresenta ao Senhor Jesus desde um ângulo diferente, porém, sinóticos. O Novo Testamento também revela a Cristo. No Antigo Testamento, porque Deus tinha um PLANO ETERNO que cumprir e ainda não havia chegado o tempo da manifestação de Deus na Humanidade (Gál.4:1-7), Cristo devia ser descrito e descortinado aos poucos, por meio de símiles e outras figuras tanto retóricas quanto materiais e visíveis.
Um estudo exaustivo e completo de toda a Bíblia, nesta visão, nos abre a revelação completa de Deus na Bíblia, de Cristo como o CENTRO de tudo o que escrito, e de todo o Universo, e não somente o Cristo Deus, senão Cristo ressuscitado, ou seja, Cabeça e Corpo.
Ao termos esta revelação, do CENTRO da Bíblia, precisamos aprender alinhavar este Centro, o que nos dará por resultado o PLANO ETERNO DE DEUS.
Então, o Plano, por ser Eterno, inicia na Eternidade Passada e vai até a Eternidade Futura. A pergunta, então, é: Que planejou Deus na Eternidade Passada?
A resposta é:
1.     Fazer o ser humano à Imagem e Semelhança de Deus. Tri-uno: espírito, alma, corpo.
2.      Decidir quem dos três viria à Terra para resolver o problema do pecado do homem.
3.     Criar a Igreja, a Noiva do Filho.
Como foi resolvido o problema do pecado humano? Como foi criada a Noiva de Cristo? Como está constituído o ser humano? Entender suficientemente estes três pontos, nos levaria à conclusão de que tanto o ser humano na sua condição CAIDA (tanto quem tenha pecado aparentemente menor, quanto os que pecarem pecados mais grossos), como também o homem na sua condição REMIDA pelo Ato de Cristo na Cruz, têm o espírito morto (separado de Deus), a alma rebelada e independizada ou dissociada) do espírito, e o corpo decaído, vulnerável.
Como resolver o problema humano? Que é que o ser humano perdeu no Éden? Resposta: a Vida Divina. Que ganhou na QUEDA? Resposta: Domínio da alma, ou parte psicológica, sintetizada em “conhecimento do Bem e do Mal”.
O problema humano só é resolvido com o Ato de Cristo na Cruz, pelo qual o problema que separava ao homem de Deus desaparece, mas, qual elemento veio a modificar a situação humana caída? Resposta: A VIDA VDIVINA injetada no espírito humano morto.
Como conseguir que a alma humana caída mude? Resposta: Por meio da infusão continua da Vida Divina.
A Bíblia descreve a solução divina, contida no PLANO ETERNO DE DEUS. Da seguinte maneira:
1.     Para vivificar o espírito, Novo Nascimento (espiritual).
2.     Para transformar a alma: Palavra de Deus e Espírito Santo.
3.     Para restaurar a integralidade do corpo, a Ressurreição e Glorificação futura, ainda que, segundo cada caso, o Senhor pode curar e abençoar fisicamente antes desse evento, ainda nesta vida humana terrena.
A Bíblia também afirma: Agora somos Filhos de Deus, mas ainda não se manifestou o que havemos de ser: IGUAIS AO SENHOR JESUS RESSUSCITADO (coletivamente). Se a Igreja é o Corpo de Cristo, ele não poderia ser simplesmente humano; teria de ser também divino.
Como um Corpo (coletivo) humano poderia se transformar em divino? Pela injeção e transfusão da VIDA DIVINA, que vem pela fé, o arrependimento, a confissão do Nome do Senhor, o Novo Nascimento, a Transformação interior, e a Glorificação futura, entre muitos outros itens co-relacionados e que constam na Bíblia claramente.

ISTO É DOUTRINA DOS APÓSTOLOS!
Vida Divina. Vida Divina. Vida divina. E todo conhecimento, subordinado à VIDA DE DEUS EM CRISTO, PELO ESPÍRITO SANTO E A PALAVRA.

Numa próxima Matéria descreverei o que não é DOUTRINA DOS APÓSTOLOS. Por agora, simplifico: “doutrinas” teológicas (quer dizer, mesmo que bíblicas) e doutrinas extrabíblicas, tradições e costumes, por boas que sejam e por bons resultados que tenham dado, NÃO SÃO A DOUTRINA APOSTÓLICA BÍBLICA, DE DEUS, DE CRISTO JESUS.